Download do Regulamento
CAPÍTULO I - INFORMAÇÕES DO EVENTO

Local: Teatro Ralino Zambotto

Rua Romeu Augusto Rela – nº 1.100 – Itatiba – SP – CEP: 13.250-300.

Data: 22 e 23 de Abril de 2017 (sábado e domingo).

Público alvo: institutos, escolas, grupos, academias e companhias de dança.

Valor dos Ingressos: R$ 30,00

Programação: Será divulgada após 20 de março de 2017.

 

O Tríad Prêmio de Dança se define como uma Mostra Premiada onde os principais objetivos são:

- Incentivar a prática da dança.

- Contribuir com o desenvolvimento sociocultural do nosso país.

- Fazer parte dos processos de evolução e enriquecimento da formação técnica e artística através das críticas e avaliações solidárias.

- Aguçar dimensões formativas como conhecer, apreciar, analisar, valorizar, reconhecer, pesquisar e formar opiniões.

- Oportunizar a apresentação das criações e reproduções de trabalhos de dança por escolas, academias, núcleos, comunidades, grupos ou bailarinos independentes estimulando assim o desenvolvimento de produções artísticas.

- Promover o intercâmbio e o surgimento de novos talentos.

 

A Direção do Tríad Prêmio de Dança registra nesta 5ª edição a gratidão para com toda a equipe técnica e escolas participantes que, direta ou indiretamente o tornaram possível, idôneo e prestigiado em nossa comunidade.

 

Contatos      

Fone: (11) 9.8401-1394

Whatsapp: (11) 9.7256-3824

Site: www.triadpremio.com.br

E-mail: contato@triadpremio.com.br

Facebook: www.facebook.com/triadpremio

 

CAPÍTULO II – GÊNEROS

  1.      Ballet Clássico de Repertório – deverá manter fidelidade ao ballet original.
  1.      Ballet Clássico Livre / Neoclássico – criações que abrangem a técnica clássica e que não pertençam a nenhum repertório.
  2.      Contemporâneo – formas e linguagens de dança experimentais.
  3.      Livre – composições originais e criativas com propriedade nas diversas linguagens de dança.
  4.      Jazz - estruturado na técnica jazz dance, lyrical jazz, musical, modern jazz e suas linhas.
  5.      Sapateado – abrange as técnicas do sapateado americano e irlandês.
  6.      Street Dance – abrange todas as vertentes das denominadas danças urbanas, como por exemplo: breaking, hip hop, wecking, vogue, house e demais.
  7.      Danças Populares – danças regionais características (nacionais e estrangeiras) – Ex: dança do ventre, danças folclóricas, flamenco e dança de salão.

 

CAPÍTULO III – GÊNEROS E SUBGÊNEROS

 

GÊNERO

SUBGÊNEROS

Ballet Clássico de Repertório

Variação masculina ou feminina

Pas de deux

Grand pas de deux

Pas de Trois

Conjunto

Ballet Clássico Livre / Neoclássico

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Contemporâneo

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Livre

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Jazz

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Sapateado

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Street Dance

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Danças Populares

-

Duo

-

Trio

Conjunto

 

O mesmo bailarino pode ser inscrito em gêneros e subgêneros diferentes, sem tolerância.

Número de integrantes conforme os subgêneros:

  • Variações de Repertório e Solos – 1 integrante (feminino ou masculino).
  • Pas de deux e Grand pas de deux – 2 integrantes

O partner acompanhante deve necessariamente atuar como coadjuvante, ou seja, não será julgado. Ele poderá participar em categorias diferentes da sua idade, acompanhando um ou mais concorrentes de qualquer escola.

  • Duos – 2 integrantes.
  • Pas de Trois e Trios – 3 integrantes.
  • Conjuntos – mínimo de 4 integrantes.

 

CAPÍTULO IV – CATEGORIAS

 

Categoria

Idade (anos)

Pré Infantil

5 a 7

Infantil

8 a 10

Juvenil

11 a 13

Adulto

14 a 16

Avançado

             17 acima

 

  1.   Para conjuntos será permitida a tolerância máxima de até 20% do total de integrantes que possuírem idade superior ou inferior a categoria na qual a coreografia está inscrita. No caso de ultrapassar esta tolerância, a coreografia deverá ser enquadrada em categoria superior.
  2.   Para Variação e Solo o(a) bailarino(a) não poderá participar de categoria diferente da definida pela sua idade.
  3.   Para Duos, Pas de Deux, Trios e Pas de Trois a coreografia deverá ser inscrita na categoria do integrante de maior idade.
  4.   O mesmo bailarino pode ser inscrito em categorias diferentes de acordo com a tolerância especificada no item 1 e regras especificadas nos itens 2 e 3 deste capítulo.

 

Observações Importantes do Capítulo IV:

A) Os participantes devem levar no dia do evento uma cópia autenticada ou original do RG ou certidão de nascimento e apresentar à equipe de organização. Se for comprovada a fraude na idade de algum participante a instituição (grupo/escola) será desclassificada.

 

CAPÍTULO V – CATEGORIAS E SEUS SUBGÊNEROS

Categoria PRÉ-INFANTIL (5 a 7 anos):

Gêneros

Subgêneros

Ballet Clássico Livre / Neoclássico

-

Duo

Trio

Conjunto

Livre

-

Duo

Trio

Conjunto

 

Categoria INFANTIL (8 a 10 anos):

Gêneros

Subgêneros

Ballet Clássico de Repertório

Variação masculina ou feminina

-

-

-

Ballet Clássico Livre / Neoclássico

Solo masculino ou feminino

Duo

Trio

Conjunto

Livre

Solo masculino ou feminino

Duo

Trio

Conjunto

Jazz

Solo masculino ou feminino

Duo

Trio

Conjunto

Street Dance

Solo masculino ou feminino

Duo

Trio

Conjunto

 

Categoria JUVENIL (11 a 13 anos):

Gêneros

Subgêneros

Ballet Clássico de Repertório

Variação masculina ou feminina

Pas de deux

-

Pas de Trois

Conjunto

Ballet Clássico Livre / Neoclássico

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Contemporâneo

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Livre

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Jazz

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Sapateado

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Street Dance

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

 

Categoria ADULTO (14 a 16 anos) e AVANÇADO (17 acima):

Gêneros

Subgêneros

Ballet Clássico de Repertório

Variação masculina ou feminina

Pas de deux

Grand pas de deux

Pas de trois

Conjunto

Ballet Clássico Livre / Neoclássico

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Contemporâneo

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Livre

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Jazz

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Sapateado

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Street Dance

Solo masculino ou feminino

Duo

-

Trio

Conjunto

Danças Populares

-

Duo

-

Trio

Conjunto

 

Observações Importantes do Capítulo V:

A)    Só haverá distinção entre masculino e feminino nos seguintes subgêneros: variação de repertório, grand pas de deux e solo.

B)    Uma mesma escola pode diferenciar os nomes dos seus grupos de acordo com as categorias. Ex: Corpo de Baile Infantil “nome da escola”, Núcleo Adulto “nome da escola”, Grupo Juvenil “nome da escola”.

 

CAPÍTULO VI – CRONOGRAMA

O cronograma de ensaios (marcação de palco) e das noites da mostra premiada do Tríad Prêmio de Dança será definido pela organização de acordo com o número de inscrições.

O mesmo será divulgado às escolas com antecedência via e-mail, página do facebook e site.

A data e ordem das apresentações das coreografias serão definidas pela organização do Tríad Prêmio de Dança.

 

CAPÍTULO VII – DURAÇÃO MÁXIMA DAS COREOGRAFIAS

Categoria Pré – Infantil

Subgêneros

Limite de tempo

Duo e Trio

2’ 30’’

Conjunto

3’

Demais categorias

Subgêneros

Limite de tempo

Solo

3’

Duo

3’ 30’’

Trio

4’

Conjunto

5’

Variação, Pas de Deux, Grand Pas de Deux e Pas de Trois

Tempo da obra

Conjunto de Repertório

12’

 

Observações importantes do Capítulo VII:

A)    Em todos os subgêneros a tolerância do tempo máximo permitido não poderá exceder a 15 segundos.

B)    O tempo máximo para montagem e retirada de elementos cênicos será de 30 segundos.

 

CAPÍTULO VIII – INSCRIÇÕES

Todo o processo de inscrição somente poderá ser finalizado e confirmado via e-mail citado na página número 1 deste regulamento.

Passo 1: As inscrições deverão ser feitas através do site do Tríad Prêmio de Dança (www.triadpremio.com.br).

Os documentos são:

  • Ficha de inscrição da escola
  • Ficha de inscrição da coreografia
  • Autorização do responsável para menores de idade
  • Autorização do coreógrafo

Passo 2: As fichas de inscrição (escola e coreografias) deverão ser preenchidas integralmente e enviadas até a data limite.

Passo 3: O recebimento dos documentos deverá ser confirmado e nesta etapa a organização responderá o e-mail enviado com a apuração do valor das taxas de inscrição.

A data limite para o envio dos documentos preenchidos estará especificada nas fichas de inscrição e também disponíveis no conteúdo do site e página do Facebook do Tríad Prêmio de Dança, que deverá ser rigorosamente cumprida. As inscrições serão aceitas por ordem de recebimento até o preenchimento do limite de vagas de acordo com a organização do evento.

Passo 4: O pagamento das taxas de inscrição deverá ser realizado através de depósito bancário em favor de:

  • Razão Social: Fidem Arte em Dança Ltda
  • CNPJ nº 17.495.435/0001-57
  • Banco do Brasil (banco 001) – Agência nº 5572-7 – Conta Corrente nº 5351-1

O comprovante do depósito bancário (imagem digitalizada) deverá ser enviado para o e-mail contato@triadpremio.com.br.

A finalização do processo de inscrição será efetivada após a confirmação da organização do evento.

Passo 5: As autorizações (coreógrafo e menor de idade) baixadas pelo menu de inscrições do site oficial deverão ser impressas, integralmente preenchidas e assinadas pelos respectivos responsáveis. As vias originais deverão ser entregues à organização do evento no check-in da escola no Tríad Prêmio de Dança.

 

Taxas de Inscrição:

Subgênero

Valor

Solo

R$ 90,00

Variação

Duo

R$ 160,00

por coreografia

Pas de Deux

Grand Pas de Deux

R$ 230,00

por coreografia

Trio

R$ 210,00

por coreografia

Pas de Trois

Conjunto/Assistente

R$ 70,00

por integrante

 

Bailarinos inscritos em mais de 1 coreografia ganham 10% de desconto na soma do valor das suas inscrições.

 

Observações importantes do Capítulo VIII:

A) Em caso de desistência com aviso prévio em até 10 dias antes do evento, só será devolvido 60% do valor das taxas de inscrição.

B) Cada escola terá direito a inscrição de até 2 diretores isentos de taxa, não sendo permitida inscrição de mais diretores.

C) Cada coreografia terá direito a inscrição de 1 coreógrafo que será isento de taxa.

D) Assistentes não serão isentos da taxa de inscrição.

E) Participantes oficialmente inscritos receberão pulseira para livre circulação até o limite de lotação do Teatro no dia de sua apresentação.

F) Os grupos classificados em primeiro lugar na edição do Triad Prêmio de Dança – Itatiba 2016 serão isentos da taxa de inscrição na mesma categoria, gênero e subgênero em que obtiveram premiação, porém com uma coreografia diferente e deverá cumprir o mesmo prazo definido para as inscrições dos demais grupos.

 

CAPÍTULO IX – ENSAIO DE PALCO

Conjuntos terão direito a ensaio de palco exclusivo.

Solos (masculinos e femininos), variações (masculinas e femininas), duos, pas de deux, grand pas de deux, trios e pas de trois terão direito a reconhecimento de palco coletivo.

O tempo limite de ensaio de palco para cada conjunto é de uma vez e meia a sua própria minutagem. Ex: um conjunto com duração de 4 minutos terá 6 minutos para marcação de palco (4 + 2).

As escolas que realizarem inscrição de mais de 1 conjunto,  terão o tempo de marcação de palco de todos os seus conjuntos somados. Ex: Escola com 4 conjuntos de 3 minutos terá 18 minutos corridos de tempo para marcação de palco de todas as suas coreografias  [(3 + 1,5) x 4].

O horário de ensaio de palco será estipulado pela organização do evento e em caso de atraso a escola perderá seu direito de ensaio. Os horários serão divulgados com antecedência via e-mail, página do Facebook e site.

O check-in de cada grupo deverá ser realizado com uma hora de antecedência do seu ensaio de palco.

Durante o ensaio, o responsável pela escola deverá conferir a execução da música de cada coreografia junto aos responsáveis da sonorização do evento.

Não será permitida a marcação de palco fora do cronograma definido.

 

CAPÍTULO X – CENÁRIO, ELEMENTOS CÊNICOS E TRILHA SONORA

O uso e manuseio de cenários ficarão sob total responsabilidade da escola inscrita, não sendo permitido o uso de objetos cortantes e pontiagudos, água, fogo, animais e qualquer outro elemento que possa danificar a estrutura do teatro, sujá-lo, atingir a platéia ou prejudicar os demais grupos competidores, como também a apresentação de nus, sob pena de desclassificação da coreografia.

Serão permitidos cenários e elementos cênicos simples e práticos com o tempo máximo de montagem e retirada de 30 segundos. Os elementos cênicos passarão por avaliação de aprovação no momento da inscrição da escola, levando em conta a área disponível nos bastidores do teatro para armazenamento dos mesmos.

As trilhas sonoras das coreografias deverão ser gravadas em pen drive, nomeadas com Escola e Coreografia (Ex: Juntos na Dança – Coppelia) e entregues ao técnico de som no momento do ensaio de palco.

Observação: A Direção do evento sugere que todas as trilhas também estejam gravadas em um equipamento suplente (CD, tablet, smartphone). O evento não se responsabiliza por qualquer possível falha no equipamento, e ficará a cargo do Corpo de Jurados qualquer decisão.

No momento da apresentação o diretor, coreógrafo ou assistente deverá estar presente na cabine de som e luz munido do equipamento suplente com a trilha. Sua ausência implicará na eliminação da coreografia.

Os recursos de som e iluminação disponíveis serão os mesmos para todos os grupos.

 

CAPÍTULO XI – PREMIAÇÃO

Colocação

Nota

Primeiro lugar

Maior média atingida 9,0 acima

Segundo lugar

Uma média imediatamente inferior ao 1º lugar e 8,0 acima

Terceiro lugar

Uma média imediatamente inferior ao 2º lugar e 7,0 acima

 

  1.      Primeiros, segundos e terceiros lugares de cada categoria, gênero e subgênero serão premiados com troféus para conjuntos e medalhas para solos, variações, duos, pas de deux, grand pas de deux, trios e pas de trois.
  2.      As premiações (três primeiros colocados) serão divulgadas ao final de cada noite competitiva juntamente com os indicados aos prêmios especiais.
  3.      As premiações especiais serão divulgadas na última noite competitiva.

 

Prêmios Especiais

 

Prêmio

Gratificação

Melhor Bailarina

R$ 350,00

Melhor Bailarino

R$ 350,00

Melhor Coreógrafo

R$ 700,00

Melhor Grupo

R$ 1.200,00

 

  • Todos os ganhadores dos prêmios especiais serão reconhecidos com um troféu e a gratificação em dinheiro especificada acima.
  • Os prêmios especiais de melhor: bailarina, bailarino e coreógrafo serão escolhidos unicamente pelo corpo de jurados, não cabendo qualquer recurso dos participantes ou da comissão organizadora.
  • O prêmio especial para o melhor grupo do Tríad 2017 caberá ao grupo que obtiver a maior soma das médias classificadas em primeiro lugar.

 

Observações importantes do Capítulo XI:

A)    Caso nenhum representante da instituição esteja presente no momento da premiação a escola perderá o direito ao troféu e/ou medalha e também ao recebimento do prêmio especial em dinheiro.

B)    Todos os bailarinos do Tríad Prêmio de Dança receberão um certificado de participação personalizado, que será entregue pela organização durante o evento.

C)    As premiações especiais serão escolhidas uma só vez entre todas as categorias, gêneros e subgêneros participantes.

D)    As indicações aos prêmios especiais poderão ser divulgadas durante o evento.

E)    Não caberá recurso quanto aos resultados apresentados pelo júri, que será soberano em suas decisões; assim como não caberá responsabilidade do julgamento das coreografias à comissão organizadora do evento.

F)    A comissão organizadora não enviará prêmios (troféus e medalhas) e/ou certificados pelo correio.

 

CAPÍTULO XII – CORPO DE JURADOS

O corpo de jurados será composto por quatro profissionais especializados e de grande expressão no meio artístico da dança, escolhidos e divulgados pela organização do evento.


Comentários e notas

Cada coreografia será analisada pelos jurados que classificarão o trabalho com nota única (entre 0 e 10 pontos). A nota final da coreografia será calculada pela média das notas dos jurados.

Após revelação das premiações e término da noite competitiva, os comentários e notas do júri de cada coreografia participante poderão ser retirados somente pelo diretor ou coreógrafo da escola junto à organização do evento.

A planilha de resultados do evento poderá ser enviada por e-mail após solicitação da escola e estará disponível no site.

 

CAPÍTULO XIII – DISPOSIÇÕES GERAIS

  • O diretor de cada escola deverá dirigir-se ao setor de organização do evento para o recebimento de pulseiras, material, notas e comentários do júri, certificados e instruções referentes à competição. A equipe de apoio e organização do Tríad estará identificada e poderá esclarecer quaisquer dúvidas.
  • Qualquer regra infringida estará sujeita a desclassificação da coreografia e/ou escola, de acordo com a avaliação da comissão organizadora.
  • Todos os integrantes da escola inscrita deverão acatar as orientações da equipe de apoio da organização do evento, para controle de entrada e saída das diversas dependências do teatro (coxias, camarins, cabine de controle de som e luz, platéia, etc). A ordem da entrada nos camarins, coxias e cabine de som e luz obedecerá a ordem de apresentação.
  • Os camarins deverão ser desocupados logo após as apresentações.
  • Não será permitida a permanência de bailarinos nas coxias sem autorização expressa da equipe organizadora.
  • A comissão organizadora não se responsabilizará por perdas de objetos e valores nas dependências do teatro.
  • Fica proibido transitar com figurinos na platéia e demais dependências de teatro (exceto camarins e palco), sob pena de desclassificação da coreografia.
  • O diretor da escola deverá zelar pelo bom comportamento dos seus bailarinos cuidando para que haja bom relacionamento com todos os demais grupos.
  • A comissão organizadora não se responsabilizará por problemas médicos que possam ocorrer com os participantes durante o evento.
  • Imagens e voz dos grupos/escolas participantes do evento poderão ser utilizadas, a critério da organização para a divulgação do Tríad Prêmio de Dança, inclusive em outras edições.
  • Não será permitido filmar ou fotografar as apresentações. O evento será registrado com exclusividade por empresa(s) de filmagem/fotografia especializada que durante o evento ficará a disposição das escolas para esclarecimentos da venda de mídias das apresentações.
  • O transporte, hospedagem e alimentação do grupo é de responsabilidade da escola.
  • Referências e indicações de locais para hospedagem e alimentação poderão ser fornecidas pela organização do evento desde que solicitadas pela escola via e-mail.
  • Casos omissos a este Regulamento serão resolvidos pela organização, Corpo de Jurados e Diretoria do Tríad Prêmio de Dança.